Ateno! Este site foi descontinuado em 18/05/2016. Visite o novo site: clique aqui.
Notícias

Reitor participa do ‘Debates do Rio Grande’

12/11/2013

O reitor da URI, Luiz Mario Silveira Spinelli, participou na noite de segunda-feira, 11, no Pólo de Cultura do Parque da Accie, onde ocorre a 14ª Frinape, de mais uma edição do programa da rádio Gaúcha ‘Debates do Rio Grande’, apresentado pelo jornalista Leandro Staudt. Durante 1h40min um grupo de lideranças apontou as principais potencialidades e dificuldades que o Alto Uruguai enfrenta atualmente. O reitor abordou basicamente a questão da educação, e logo na sua primeira intervenção, salientou que ao mesmo tempo em que a região pode se orgulhar de muitos pontos positivos, de outra sorte, fazendo uma análise de tempos em tempos, “concluímos que sempre ainda nos falta alguma coisa”. Um dos principais problemas identificados e externados pelo reitor, diz respeito quanto à deficiência com que grande parcela dos alunos do ensino médio bate às portas da universidade. “Embora os índices de avaliação do ensino básico no município tenham melhorado, estamos recebendo muitos candidatos a universitários com extremas dificuldades”.

 

Realidade não é só da URI

 

O reitor Luiz Mário Spinelli, observou, no entanto, que esta realidade não é exclusividade da URI. “Esta situação, nós constatamos que não é apenas nossa. Nas reuniões do Comung (Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas – 15 universidades que atendem mais de 200 mil alunos no estado), também ouvimos sobre este problema. Ainda de acordo com o reitor, especificamente na URI, a situação é mais preocupante nos candidatos que buscam a área das engenharias, “e aí”, sublinhou, “não tem como escapar do nivelamento” que é uma maneira encontrada pela academia para recuperar conteúdos do ensino médio que não foram suficientemente absorvidos pelo aluno para que ele possa compreender os conteúdos ministrados em disciplinas do ensino superior. E também neste caso, de acordo com o reitor, “o problema não é apenas da URI”.

 

 

Universidade Comunitária

 

O reitor da URI também fez uma observação mais pontual sobre a importância da universidade em saber distinguir o que é ensino superior e o que é educação superior. Luiz Mario Spinelli apontou, como exemplo, que às universidades cabe por exigência, por exemplo, a realização de pesquisas, produzindo conhecimento, para ao final tudo ser transferido às comunidades através dos formandos que se transformam em agentes do próprio desenvolvimento e das regiões onde vivem. O reitor voltou, novamente, a dar ênfase ao fato da URI não ser uma universidade estatal e nem particular. Recordou as origens da URI, alguns comparativos de números de cursos, saltando de seis para 30 em Erechim, e sua tradição de décadas em formar professores (mais de 10 mil) que atuaram e atuam em toda a região Alto Uruguai na área de licenciaturas.

 

Debatedores

 

Além do reitor da URI, participaram do programa, Adilso Baroni (Sutraf), Claodinor Mores (Accie), e João Picoli (Agência de Desenvolvimento do Alto Uruguai). O programa contou ainda com Ronald Krumenauer, da Agenda 20/20, do apresentador Leandro Staudt, de interferências do público, como o prefeito de Erechim, Paulo Polis, da presidente da Amau, Adriana Kátia Tozzo, e do professor da URI, Arnaldo Moscato dos Santos, que levou uma turma de Administração para prestigiar o evento e recolher subsídios à sua formação acadêmica. No final do programa o reitor recebeu uma placa de um representante da rádio Gaúcha.

 

 

Fotos: Reitoria

 

Veja a matéria completa aqui.

 

 

*Com informações da Assessoria de Comunicação- Reitoria

 

Postado por Núcleo de Comunicação

URI- Santiago


Esta notcia foi visualizada 859 vez(es).




Mais notícias

Ver todas
Texto: A+ A- A
GLPI GLPI CampusNET ProfessorNET Rádio URI FM Horários 2012 Laboratrios Calendrio Manual Manual formatura Boletos



Desenvolvido por Rafael Olanda/NI
RSS Feed CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 3251-3151 / 3251-3157