Ateno! Este site foi descontinuado em 18/05/2016. Visite o novo site: clique aqui.
Notícias

Projeto com os Moveleiros em destaque

26/05/2014

Um dos projetos vencedores dos editais publicados pela Secretaria de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (SCIT) foi o de “Otimização da matéria-prima com vistas ao reaproveitamento dos resíduos descartados pela indústria moveleira de Santiago”, proposto pela URI Câmpus Santiago, pertencente ao Pólo de Modernização Tecnológica do Vale do Jaguari.  Os recursos obtidos por meio do edital são de  R$ 374.600,00. Com a contrapartida da Universidade, serão investidos R$ 497.593,60.

 

Mesas de centro, produzidas artesanalmente pela Eco Line com resíduos da indústria moveleira

 

 

A coordenadora do projeto, a arquiteta Nelcy Fatima Denti Brum, lembra que o projeto nasceu da realidade vivida pela indústria moveleira de Santiago. “Como produzem móveis sob medida, o descarte é grande”, explicou. A proposta inicial foi a de estudar a forma de transformar os resíduos em painéis, como os de gesso, a ser utilizados em obras de habitações sociais. Outra proposta é a de atender o consumidor, sem gerar tanto resíduo, contando para isso com medidas padrão para cada móvel.

 

 

Clóvis Fernando Ben Brum, geólogo e gestor do Pólo, ressalta que o projeto, além de prever o aproveitamento dos resíduos e a abertura de novas vagas de trabalho, protege a natureza, pois muitas das sobras são tóxicas. “A Universidade fez um diagnóstico da indústria moveleira, pesquisando 13 empresas regulamentadas. O estudo mostrou que 60% da produção são de móveis sob medida, cuja matéria-prima são madeira, MDF, MDP e compensado.  A perda fica entre 15% e 30%. O MDF é que mais gera resíduo”, disse Clóvis.

 

 

 

O primeiro resultado surgido do diagnóstico e da parceria da URI com as empresas foi a criação da microempresa Eco Line, que oferece produtos artesanais, feitos com sobras da indústria moveleira.  Alguns protótipos são produzidos pela URI.

 

Com a nova tecnologia, proposta pela Universidade, as empresas não só diminuíram o descarte, como qualificarão os produtos e a mão de obra  e abrirão novas vagas de trabalho.

 

Cachepós para vasos de folhagem: outro produto feito com sobras da indústria moveleira

 

 

Núcleo de Comunicação

URI- Santiago


Esta notcia foi visualizada 1366 vez(es).




Mais notícias

Ver todas
Texto: A+ A- A
GLPI GLPI CampusNET ProfessorNET Rádio URI FM Horários 2012 Laboratrios Calendrio Manual Manual formatura Boletos



Desenvolvido por Rafael Olanda/NI
RSS Feed CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 3251-3151 / 3251-3157