× Atenção! Este site foi descontinuado em 18/05/2016. Visite o novo site: clique aqui.
Notícias

URI no III Encontro Internacional de Reitores

05/08/2014

O reitor da URI, Luiz Mario Spinelli, participou com reitores e presidentes de 1.277 universidades de 34 países de todo o mundo, no Rio de Janeiro, do III Encontro Internacional de Reitores Universia para debater o futuro do ensino superior. A conferência, organizada pelo Banco Santander, teve como objetivo promover uma reflexão sobre as universidades a partir de uma perspectiva ibero-americana, já que os países dessa região são os mais representados no evento. O tema da conferência foi ‘A universidade do século XXI: uma reflexão a partir da Ibero-América’, o que ressalta seu enfoque regional, embora também tenham sido convidados reitores de países africanos, asiáticos e europeus.

 

REITOR
Na opinião do reitor da URI, Luiz Mario Spinelli, os temas debatidos se constituem em questões vitais para o presente e o futuro das universidades. “Tivemos oportunidade de ouvir relatos de lideranças do cenário educacional mundial, desde estudantes até reitores, também de instituições do mundo”. O reitor da URI participou ainda de uma mesa que reuniu tanto dirigentes quanto alunos como o caso da presidente da UNE, Virginia Barros.

 

Ainda de acordo com Luiz Mario Spinelli, “além deste importante espaço, o evento possibilitou momentos de relacionamentos com diferentes instituições públicas e privadas, não só de diferentes países, como de outras culturas, o que sempre nos coloca diante de novas realidades e oportunidades”.

 

Segundo o reitor da URI, “vamos buscar socializar essas informações recolhidas, nas mais diferentes instâncias e colegiados da URI, incluindo os ciclos de Formação Continuada, como um meio de aprimorar o debate e as práticas inerentes ao dia a dia da instituição”.

 

 

 

ORGANIZAÇÃO
O presidente do Banco Santander, Emilio Botín, abriu dia 28 de junho o III Encontro Internacional de Reitores Universia que acontece no Riocentro, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Botín disse no discurso de abertura que “trata-se de um dos acontecimentos universitários mais importantes da história”. “O objetivo desse encontro é criar um espaço de debate aberto a respeito dos desafios que a universidade ibero-americana tem que enfrentar, estimulando o diálogo e a cooperação com os sistemas universitários de outros países do mundo.”

 

 

Para ele, o III Encontro Internacional de Reitores Universia tem quatro grandes objetivos: Fortalecer e confirmar a aposta de todos na modernização da universidade; Conhecer novas referências e tendências que permitam uma evolução sólida da estrutura, organização, governo e gestão universitária; Descobrir novas ferramentas que facilitem a liderança social da universidade; e valorizar a importância da universidade como geradora de conhecimento e como alavanca decisiva no desenvolvimento econômico e social dos diferentes países.

 

O Brasil, na condição de anfitrião contou com maior participação, com 607 instituições universitárias públicas e privadas, seguido de México, 187, Espanha, 94 e Argentina, 67. Também tiveram ampla representação outros países latino-americanos como Colômbia, com 39 universidades, Chile, com 35 e Peru com 33. Fora da região ibero-americana, os países com mais centros de educação superior no encontro foram Reino Unido, com 52 universidades, Estados Unidos, com 24, China, 21 e Polônia 15.

 

Para estimular o papel da tecnologia como facilitador da aprendizagem e do ensino, os organizadores desenvolveram um aplicativo digital que foi usado durante o encontro e com o qual se pretende criar uma grande rede acadêmica em escala internacional. Na agenda do encontro houve duas sessões plenárias e dez debates paralelos abordando questões como a qualidade do ensino, pesquisa e inovação, financiamento dos centros educacionais superiores, a contribuição das universidades para o desenvolvimento social e o compromisso com o meio ambiente. Também ocorreram reuniões bilaterais entre universidades de diferentes países, com o objetivo de conseguir acordos de colaboração.

 

O encontro no Rio é o terceiro organizado pela Universia, rede de universidades patrocinada pelo Banco Santander. A primeira edição foi realizada na cidade de Sevilha (Espanha) em 2005, presidida pelo rei Juan Carlos e com a presença de 500 reitores. Cinco anos depois, o segundo encontro aconteceu em Guadalajara, no México, e foi inaugurado pelo então presidente do país, Felipe Calderón, contando com a participação de 900 reitores e representantes de universidades ibero-americanas, que juntaram suas conclusões na chamada Agenda de Guadalajara. A Universia, maior rede mundial de universidades de língua hispânica e portuguesa, é integrada por 1.216 instituições de educação superior de 23 países ibero-americanos que tem 14 milhões de alunos e professores.

 

 

 

 

 

Assessoria Reitoria

 

 

Postado por Núcleo de Comunicação

URI- Santiago

 

 

 

 

Esta notícia foi visualizada 857 vez(es).




Mais notícias

Ver todas
Texto: A+ A- A
GLPI GLPI CampusNET ProfessorNET Rádio URI FM Horários 2012 Laboratórios Calendário Manual Manual formatura Boletos



Desenvolvido por Rafael Olanda/NI
RSS Feed CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 3251-3151 / 3251-3157