× Atenção! Este site foi descontinuado em 18/05/2016. Visite o novo site: clique aqui.
Notícias

URI entre as instituições classificadas para ter Medicina

10/04/2015



O MEC divulgou na quarta-feira, 8, a relação das propostas classificadas de cada um dos 39 municípios selecionados no país para ofertar cursos de medicina na primeira fase do programa Mais Médicos. A classificação das propostas segue critérios de pontuação definidos no edital. Ao todo, 216 propostas foram inscritas. Dessas, 203 foram classificadas e 13 não foram admitidas por descumprirem os requisitos.

 


Segundo o edital, cada município pode ter até cinco propostas classificadas, após análise da experiência regulatória das instituições de ensino superior que se candidataram a ofertar os cursos. Essa análise considera, entre outros aspectos, indicadores como o índice geral de cursos (IGC) e o conceito preliminar de curso (CPC), além de processos de supervisão e se a instituição já ofertou cursos de medicina ou não. A próxima etapa consiste na análise da qualidade e pertinência das propostas por uma comissão de especialistas designada pelo Ministério da Educação.

 



Repercussão

Para o município de Erechim que foi um dos quatro selecionados no estado (Erechim, Ijuí, Novo Hamburgo e São Leopoldo) para contar com um curso de medicina, cadastraram-se duas instituições, entre as quais, a URI. Na reunião do Conselho Universitário da URI (CUN) realizado na manhã desta quinta-feira, 9, para debater temas de interesse da instituição, o reitor Luiz Mario Spinelli disse que a inclusão da URI entre as duas instituições que pleiteiam abrigar o curso de medicina em Erechim, foi uma vitória de todos, desde a FuRI, passando pelo empenho do campus de Erechim e de autoridades do município. “Estamos preparados para maio quando será divulgado o nome da instituição que vai sediar o curso de medicina em Erechim, mas o assunto está bem encaminhado”, observou quanto à documentação e exigências feitas pelo MEC apresentadas pela URI. “A URI se credencia com méritos” observou o reitor. Luiz Mario Spinelli salientou também que na divulgação das instituições ranqueadas para sediar um curso de medicina nos quatro municípios do estado, estão incluídas universidades comunitárias. “É uma vitória das comunitárias gaúchas e um reconhecimento ao trabalho qualificado que vem desempenhando há anos”, disse o reitor.

 


De acordo com o interlocutor do município de Erechim com o MEC para tratar das questões técnicas sobre o tema, Jackson Arpini, as próximas etapas envolvem divulgação no dia 22 de maio do nome da IES escolhida para sediar o curso, apresentação de eventual recurso até 5 de junho e no dia 24 de junho a divulgação e confirmação do resultado final da instituição escolhida pelo MEC. Nesta última fase serão considerados, após avaliação criteriosa por técnicos do MEC, o projeto pedagógico do curso, a docência, infraestrutura da educação superior, plano de contrapartida da IES para com o SUS, pleno de implantação de residência médica e plano de oferta de bolsas de estudos aos alunos, todos os itens apresentados pelas IES classificadas segundo critérios de etapas já superadas. Jackson Arpini destacou que não há mais envolvimento de documentos junto ao MEC daqui para a frente. “O processo está em andamento e de posse do MEC”, finalizou.

 

 

 

Foto: ASSCOM- Reitoria da URI

 

 

Assessoria de Comunicação Reitoria

Postado por Núcleo de Comunicação


Esta notícia foi visualizada 917 vez(es).




Mais notícias

Ver todas
Texto: A+ A- A
GLPI GLPI CampusNET ProfessorNET Rádio URI FM Horários 2012 Laboratórios Calendário Manual Manual formatura Boletos



Desenvolvido por Rafael Olanda/NI
RSS Feed CSS xHTML
Avenida Batista Bonoto Sobrinho, 733 - Santiago/RS - 97700-000 - Fones: 0xx55 3251-3151 / 3251-3157